fbpx

GEL 2016: Sustentabilidade, Estratégia e Operações

foto-gel

O Grupo de Estudos Logísticos – GEL – recebeu no auditório da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da UNICAMP, profissionais do setor para discutir questões como a Sustentabilidade, Estratégias e Operações logísticas no atual panorama mundial. O evento foi mediado pelo coordenador do LALT, Prof. Dr. Orlando Fontes Lima Jr. e recebeu a presença de Antonio Grandini, diretor industrial da Loreal, abordando a influência da visão estratégica do mercado da Beleza na cadeia de suprimentos das empresas, de Antonio Galvão Novaes, Pesquisador Colaborador da UNICAMP falando sobre Modelagem Cross-Docking e do palestrante via online diretamente dos EUA, Josué Velazquez, Dr. Diretor da área de Supply Chain e Excelência em Logística Global do MIT – SCALE – Negócios para a América Latina, discursando sobre Logística Sustentável.
Ano ruim desafia o mercado de Beleza em 2016 e 600 mil negócios são formalizados neste setor, entre empresas e MEIs no segmento de serviços, de acordo com o Sebrae. O País tem ainda 2,5 mil indústrias de produtos de higiene e beleza. De acordo com Antonio Grandini da Loreal, a empresa que trabalha também com marcas como Garnier, Colorama, L´oreal Paris, Maybelline, entre outras, fechou 2015 com 42,6 bilhões em vendas. Apesar de tempos turbulentos, o crescimento é promissor para 2017.

“O Brasil é hoje o quarto mercado global em beleza, atrás dos Estados Unidos, da China e do Japão. O primordial é focar em estratégias mercadológicas como mudanças e econômicas, multipolarização dos mercados, a questão ambiental, novas tecnologias e o mercado digital, assim como a customização massiva”, explica Grandini.

Novos modelos de negócio exigem um custo reduzido para as empresas e isso inclui o remanejamento logístico das operações. Segundo Antonio Novaes, CDUs poderiam ser dimensionados, não somente considerando as partes internas do terminal, como também as docas de carga/descarga e o estacionamento externo para os veículos de carga. O objetivo é reduzir ao máximo os estoques intermediários, assim como os de alto valor e volume para a rápida e eficiente distribuição até seu destino final. Essa nova iniciativa foi provocada pelos crescentes volumes de carga movimentados nos centros urbanos e pelos impactos negativos por eles gerados
Outro aspecto logístico mundial e agravante discutido foi o da sustentabilidade sem tantos danos causados ao meio ambiente. Uma pesquisa global feita pela MIT Sloan Management Review e o The Boston Consulting Group comprova que a sustentabilidade já faz parte da agenda das companhias, sendo opção de lucro para muitas delas. Ainda neste foco para as organizações, em especial para o ambiente logístico, torna-se necessário reavaliar os aspectos que envolvem a dinâmica da produção, dos transportes, das demandas consumidoras, assim como a adoção de critérios como produção limpa e a análise cuidadosa da logística reversa.

Fotos do evento.

Related Blogs

Deixe-nos um comentário

Translate »